Postos de combustíveis estão sendo notificados pelo Programa de Proteção e Defesa do Consumidor – Procon, em Ituiutaba. Vários estabelecimentos aumentaram abusivamente o preço dos combustíveis na última quarta-feira (24) e hoje (25), o que pode caracterizar abuso de poder econômico e crime contra os direitos dos consumidores.

O Procon deu o prazo de 10 dias para que os estabelecimentos apresentem que justifique o aumento abusivo. As empresas que não conseguirem comprovar a necessidade do aumento, poderão ser multadas.

Segundo informações preliminares, um fiscal do Procon chegou a ser agredido em um posto de combustíveis em Ituiutaba.

Continua após a publicidade

Em um dos postos, o aumento no preço da gasolina chegou a R$0,32 e o reajuste no valor do etanol chegou a R$0,31.

O aumento sem justificativa configura crime de Abuso de Poder Econômico e crime Contra os Direitos dos Consumidores.

Em Capinópolis, há 32km de Ituiutaba, os postos de combustíveis estão praticamente sem estoque para venda. Manifestantes bloquearam a MGC-154 na tarde de ontem (25), impedindo o tráfego de caminhões.

Leia

Caminhoneiros fazem manifestação na MGC-154; Combustíveis estão se esgotando nos postos


Comments are closed.