Motoristas formam uma fila quilométrica para abastecer no posto Leste, na avenida dos Andradas, número 3.300, no bairro Santa Efigênia, na região Centro-Sul de Belo Horizonte. A fila é tão grande que a Polícia Militar (PM) teve de ser chamada para controlar o trânsito. Os motoristas ocupam uma faixa da avenida e a fila chega à avenida do contorno.

No posto, muitos motoristas estão completando o tanque com o receio de que falte combustível nos próximos dias. O combustível ainda está sendo vendido no Posto Leste com preços em conta se comparado com outros. A gasolina sai a R$ 4,66, enquanto o etanol a R$ 2,99. O preço atraiu muitos motoristas que ainda buscam conseguir abastecer seus veículos. É o caso do instrutor de mecânica, Bruno César Botelho de 33 anos. “Estou há 40 minutos na fila. Vou encher o tanque e ainda completar um galão com gasolina, para não ficar sem”, disse. 

De acordo com o gerente do posto, a empresa decidiu não aumentar os preços para ser justa com o consumidor. Entretanto, ele alerta que a reserva de combustível está no final e, provavelmente, não será possível atender a todos os motoristas que estão na fila. 

Continua após a publicidade

O gerente informou ainda que inicialmente, devido à escassez, o abastecimento por meio de galões foi limitado a cinco litros por veículo.  Porém, após uma confusão que envolveu um homem que tentou furar fila e encher galões a pé, o abastecimento passou a ser feito, apenas, diretamente no tanque.

 


Comments are closed.