Forças Armadas vão agir de forma enérgica para liberar estradas, diz ministro

Digiqole Ad

As Forças Armadas vão participar, junto com a Polícia, do desbloqueio de rodovias para por fim a uma greve de caminhoneiros que há cinco dias paralisa a economia no Brasil, informou nesta sexta-feira (25) o ministro da Defesa.

Exército, Marinha e Aeronáutica vão mobilizar uma ação rápida, integrada e de forma enérgica para liberar a circulação em áreas “críticas”, como refinarias, portos e aeroportos e evitar o desabastecimento, disse a jornalistas o ministro da Defesa, Joaquim Silva e Luna. 

Leia a nota na íntegra

O ministro da Defesa Joaquim Silva e Luna reuniu-se, na tarde de hoje (25), com os Comandantes da Marinha, Exército e Aeronáutica, com o seu Chefe de Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas e com o Comandante de Operações Terrestres do Exército, para definir as atividades a serem desencadeadas pelas Forças Armadas, a fim de possibilitar o retorno à normalidade das atividades no País.

As Forças Armadas serão empregadas em reforço às ações federais e estaduais, disponibilizando meios em pessoal e material para: distribuição de combustível nos pontos críticos; escolta de comboios; proteção de infraestruturas críticas; e desobstrução de vias e acessos às refinarias, bases de distribuição de combustíveis e áreas essenciais, a fim de evitar prejuízos à sociedade.

O emprego das Forças Armadas será realizado de forma rápida, enérgica e integrada.

Veja também:

Apoio:

Alexandre Santos Gomes advogado em Capinópolis

Central de Jornalismo

https://www.tudoemdia.com

Leia também

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Bloqueador de Publicidade

Detectamos um bloqueador de publicidade no seu navegador. Por gentileza, apoie o jornalismo independente brasileiro

Refresh

error: A cópia do conteúdo do Tudo Em Dia é proibida