Duas pessoas foram mortas, em duas ocorrências distintas, na madrugada deste sábado, 26, em Araguari. Os crimes aconteceram nos Bairros Brasília e Jardim dos Ipês. Uma terceira pessoa também foi vítima de disparos de arma de fogo, no Bairro Jardim de Fátima.

No primeiro homicídio, Marcelo Aparecido dos Santos, de 43 anos, foi esfaqueado diversas vezes por sua própria esposa. A autora do crime disse para a Polícia Militar (PM) que era constantemente agredida pelo marido e que chegou a registrar cinco Boletins de Ocorrêncoa (B.O) contra a vítima, incluindo cárcere privado.

Continua após a publicidade

O Cabo Agno relatou a PM encontrou a provável arma do crime e que a mulher ainda tentou lavar o local, que ficou bastante sujo de sangue. A autora foi presa em flagrante.

No segundo homicídio da madrugada, um rapaz de 22 anos foi morto com seis tiros em suas costas enquanto entrava em sua casa, localizada na Rua G. A vítima chegou a ser resgatada por guarnições do Corpo de Bombeiros e encaminhada para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

A polícia chegou a prender o principal suspeito do crime. Ele negou envolvimento com o homicídio, mas de acordo com o Tenente Duarte, ele entrou em contradição durante as conversas, ao dizer que a vítima era amigo de seu irmão.

Tentativa de homicídio

A madrugada em Araguari ainda registrou uma terceira tentativa de homicídio. José Pereira da Silva Neto, foi atingido por diversos disparos de arma de fogo no Bairro Jardim de Fátima. Ele foi encaminhado para atendimento no Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

De acordo com o Tenente Duarte, a vítima possui passagens anteriores pela polícia por tráfico e uso de drogas e que essa já foi a segunda vez que José sofreu uma tentativa de homicídio em 2018.

Informações: Bruno Rocha


Comments are closed.