Jogo marcará o encontro entre os dois técnicos mais jovens do Campeonato Brasileiro: Larghi e Barbieri Fonte: Alexandre Guzanshe/E.M/D.A.Press

A vitória sobre o Cruzeiro, no último sábado, deu ao Atlético a liderança do Campeonato Brasileiro. Agora, o Alvinegro precisa manter a ponta pelas 32 rodadas restantes para conquistar o tão sonhado título. A primeira defesa da ponta da competição é justamente contra o atual vice-líder, Flamengo, na noite deste sábado, às 21h, no estádio Independência, em Belo Horizonte. A partida é válida pela 7ª rodada da competição.
O Atlético lidera o Brasileirão com 13 pontos, dois a mais que Flamengo, Corinthians e Palmeiras. O Galo pode entrar em campo contra o Rubro-Negro sem a ponta da competição. Um pouco antes, o Palmeiras recebe o Sport em São Paulo e pode assumir o primeiro lugar.
O jogo marcará o encontro dos técnicos mais jovens do Campeonato Brasileiro. Thiago Larghi, que comanda o Atlético, tem 37 anos, um a mais que Maurício Barbieri, do Flamengo. O comandante alvinegro comentou a situação. “São dois treinadores novos. A gente tenta fazer a melhor qualidade do jogo possível”, disse.
A partida deste sábado terá valor especial para o meia Cazares. O equatoriano, de 26 anos, igualará o argentino Dátolo como terceiro estrangeiro com mais jogos na história do Atlético. Atualmente, ‘Juani’ entrou em campo 126 vezes pelo clube.
Para o jogo contra o Flamengo, Thiago Larghi optou por não esconder a equipe que entra em campo. No treino dessa sexta, aberto à imprensa, o treinador mostrou a formação com a volta de Gustavo Blanco na vaga de Elias, suspenso, e a manutenção da jovem dupla de zaga, formada por Bremer e Gabriel.
O técnico Thiago Larghi comemorou a semana inteira para treinamentos e espera que a equipe consiga repetir em campo o que foi feito nas atividades na Cidade do Galo. “Todo trabalho requer aproveitamento, aprimoramento, em qualquer trabalho. Neste primeiro semestre foram poucos dias livres para treinar. Temos que estar preparados. É importante treinar. Quanto mais a gente fizer nos treinos, melhor vamos fazer nos jogos. Tivemos uma semana que conseguimos fazer uma variação de carga. Descansamos, treinamos, subimos a carga e diminuímos. É o ideal. Agora, é preciso que os jogadores estejam focados no jogo. Temos tudo para fazer um grande jogo”, completou.

Flamengo

Para o confronto no Independência, o Flamengo tem alguns desfalques importantes. São três ausências na defesa: Réver e Juan, machucados, e Rhodolfo, suspenso após expulsão contra o Vasco. A dupla de zaga será formada pelos jovens Léo Duarte e Thuler, que atuaram cinco vezes juntos no time principal. Suspenso, o volante Cuéllar também não enfrenta o Atlético, assim como o lesionado meia Geuvânio.
O meia Everton Ribeiro, que será titular no Rubro-Negro, fez elogios ao Atlético. Mas ele confia em vitória do Flamengo na capital mineira, onde foi feliz vestindo a camisa do Cruzeiro. “É uma equipe muito confiante, que vem fazendo bons jogos. É sempre muito difícil encarar eles. São os líderes. Espero que seja um bom jogo e façamos uma partida boa de assistir e que venha o resultado que interessa, que é a vitória”, destacou o armador.
ATLÉTICO X FLAMENGO
 
Atlético
Victor, Emerson, Bremer, Gabriel e Fábio Santos; Adilson, Gustavo Blanco e Luan; Cazares, Róger Guedes e Ricardo Oliveira
Técnico: Thiago Larghi
 
Flamengo
Diego Alves, Rodinei, Léo Duarte, Tuler e Renê; Jonas, Lucas Paquetá, Diego, Everton Ribeiro e Vinícius Júnior; Henrique Dourado
Técnico: Maurício Barbieri
Motivo: 7ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: estádio Independência, em Belo Horizonte

Data e hora: sábado, 26 de maio, às 21h

Árbitro: Anderson Daronco-RS
Assistentes: Rafael da Silva Alves-RS e Élio Nepomuceno de Andrade-RS
Superesportes

Comments are closed.