A Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) vai decidir, na próxima segunda-feira (28), se decreta calamidade pública. De acordo com a assessoria de imprensa da PBH, o prefeito Alexandre Kallil vai se reunir com secretários, às 10h da manhã, na própria prefeitura, para decidir medidas emergências a serem tomadas.

O decreto de calamidade pública permite que a prefeitura consiga garantir os serviços básicos à população. Ainda de acordo com a assessoria, desde a última quinta-feira (24) um grupo da prefeitura está em reunião permanente para discutir medidas para que a cidade funcione.

O abastecimento das viaturas da Guarda Municipal e dos serviços de saúde, como ambulâncias, está sendo feito com escolta da Polícia Militar.

Continua após a publicidade

Na próxima segunda-feira (28), será ponto facultativo na prefeitura por causa da dificuldade dos funcionários de chegarem para trabalhar.  Na região metropolitana, foi decretado ponto facultativo em Contagem. As aulas na rede municipal de Contagem continuam suspensas.

Os Centros de Saúde de Belo Horizonte funcionarão com metade da equipe nesta segunda-feira (26), assim como ocorreu na sexta-feira (25). Por outro lado, os centros de emergência e de urgência, como UPAs, SAMUs e centros de internação funcionarão em sua totalidade.

 


Comments are closed.