O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, prorrogou o ponto facultativo nas repartições públicas estaduais para até a próxima sexta-feira (1) por causa da continuidade da greve dos caminhoneiros. “O objetivo é minimizar o uso de combustível, a fim de preservar os serviços essenciais’, escreveu o governo.

“As aulas da rede estadual de ensino também serão suspensas neste período. Estão mantidos os serviços essenciais, como os médico-hospitalares, os de segurança pública e de Unidades de Atendimento Integrado (UAIs). Todos os demais órgãos do Estado também estarão de plantão para atenderem demandas básicas”, complementa a nota. 

 

Continua após a publicidade


Comments are closed.