Edição de crise no meio da crise. O TEMPO tem distribuição extraordinária nesta segunda. A entrega residencial está sendo feita a pé ou por bicicletas. A versão impressa chega onde dá para chegar… De um jeito ou de outro, O TEMPO não para, e não se cansa de correr na direção contrária (editorialmente falando). Hoje, também, tomamos a decisão de distribuir os exemplares do Super, o jornal mais VENDIDO do Brasil, gratuitamente. Diferentemente de alguns postos, que aumentaram o valor do resto de combustíveis que tinham, a iniciativa é uma forma de mostrar que o Brasil vive um momento importante de sua história e exige postura diferente de políticos, empresários e cidadãos.


Comments are closed.