Em meio a perdas importantes, como os meias Rafinha, que se recupera de dores no púbis, e Arrascaeta, que serve à Seleção Uruguaia, o técnico Mano Menezes tenta manter o nível no meio-campo do Cruzeiro. Seu principal nome para o setor é Thiago Neves. E para preservar o camisa 30, o comandante da Raposa adotou cuidados especiais com o jogador.

Recentemente, Thiago Neves desfalcou o Cruzeiro em três partidas em função de dores na panturrilha direita: contra o Sport e Atlético, pelo Campeonato Brasileiro, e Atlético-PR, pela Copa do Brasil. O meia voltou a atuar diante do Racing, na última terça-feira, pela Libertadores, jogando por 65 minutos. Nesse domingo, na vitória sobre o Santos, por 1 a 0, o camisa 30 esteve em campo por 64 minutos. Ele deu a vaga a Raniel, que participou do gol de Bruno Silva.

Desta forma, Mano vem ‘administrando’ a utilização de Thiago Neves. O treinador, em entrevista coletiva após a vitória no Pacaembu, não deu indicativos de que deixará o meio-campista atuando nos 90 minutos.
“Thiago é importantíssimo, muito mais nesse momento em que não temos Arrascaeta. Então, estou dosando a volta dele, poderia certamente ter levado mais tempo, mas não é isso que deve ser feito nessa hora (…) Thiago é Thiago, vamos cuidar dele na proporção que ele tem pra gente nesse restante de temporada”, disse o técnico.
Sobre as alternativas que Mano vem implantando no meio-campo, nesse domingo a estrela do treinador brilhou ao fazer as alterações. Além de Raniel, o técnico apostou na entrada de Bruno Silva. Na última sexta-feira, o comandante explicou a função do volante, que vinha recebendo críticas da torcida. No duelo contra o Santos, Bruno atuou pelo lado direito, enquanto Robinho passou a fazer a função de Thiago Neves.
“Robinho não é jogador de jogar tão por dentro, de costas, muitas vezes para armar jogadas, mas é meia, então trouxe o Robinho para dentro. Uma parte fiz com dois atacantes, depois coloquei Bruno por fora, que faz bem a função, principalmente quando nós estamos sendo mais atacados. É jogador de força, que puxa contra-ataque com bastante competência”, concluiu.
Com o resultado, o Cruzeiro ganhou posições na tabela de classificação. O clube celeste agora é o décimo colocado, com 10 pontos. Na próxima quarta, às 21h45, o Cruzeiro receberá o Palmeiras, no Mineirão, em Belo Horizonte.
Superesportes

Comments are closed.