Após mais uma assembleia, na manhã desta terça-feira (29), professores das Unidades Municipais de Educação (Umeis) optaram pela continuidade da greve. Cerca de cem manifestantes protestaram na porta da Prefeitura de Belo Horizonte, no centro da capital.

De acordo com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Rede Pública Municipal de Belo Horizonte (Sind-Rede), a reunião desta terça foi marcada às 8h30. Eles ficam em greve, a princípio, até o dia 4 de junho, quando ocorre uma nova assembleia.

Segundo a BHTrans, o grupo ocupou uma faixa da avenida Afonso Pena, no sentido Mangabeiras. 

Continua após a publicidade

Os professores pedem reajuste salarial de 6,81% do piso nacional da educação. A categoria também reclama de perdas salariais e pedem readequação do plano de carreira.

 

Atualizada às 11h12


Comments are closed.