A Central de Abastecimento de Minas Gerais (Ceasa Minas) recebeu nesta quarta-feira (30) 53 caminhões escoltados pela Polícia Militar de Minas Gerais. A escolta aconteceu a pedido do presidente da Associação dos Comerciantes do Ceasa (ACCEASA), Emílio Brandi, após uma reunião com o governador Fernando Pimentel (PT), o prefeito de Contagem Alex de Freitas (PSDB) e o deputado Durval Ângelo (PT) na noite dessa terça-feira (29).

De acordo com Emilio Brandi em contato com a reportagem de O Tempo, ele pediu o auxílio do governo para que houvesse o apoio para a retomada das atividades do Ceasa. Ele confirmou a chegada de 53 caminhões ao local que, em sua maioria, levava produtos hortifrutigranjeiros. 

Apesar da melhora em relação aos últimos dias, Brandi disse que o abastecimento ainda está muito aquém do normal, já que o Ceasa costuma receber cerca de 1.200 caminhões por dia. “Estamos aguardando mais escolta. Hoje deve intensificar esse apoio da polícia”, disse Brandi.

Continua após a publicidade

Segundo o presidente da ACCEASA, os produtos vieram do “cinturão verde”, que abriga cidades como Bonfim, Sarzedo, Ibirité e Mários Campos. Ainda não chegaram produtos industrializados no Ceasa.

Uma das lojas que receberam caminhões nesta quarta-feira foi o Aviário Santo Antônio, que conseguiu cerca de 5.000 caixas de ovos. O supervisor do estabelecimento, Vladimir Paixão, disse que já vendeu todos os produtos.

“A gente só trabalha com venda direta para varejistas e supermercados. Vendi pelo mesmo preço que vendia antes. R$ 85,00 a caixa com 30 dúzias. Não acho justo onerar o custo para o consumidor, que não deve arcar com essa conta”, disse o supervisor.

Paixão ressaltou ainda a necessidade do apoio do governo e da Polícia Militar para que eles e outros produtores e comerciantes voltem à rotina de trabalho. 

Outro estabelecimento que recebeu ovos foi a Kigema, com cerca de 1.000 caixas do produto. Essa loja está vendendo para comerciantes do próprio Ceasa para ajudar, devido a crise do abastecimento.

Os comerciantes estão aguardando que mais caminhões cheguem ao local durante o dia com o apoio da Polícia Militar


Comments are closed.