A guerra do tráfico deixou dois mortos e três feridos em Pedro Leopoldo, na região metropolitana de Belo Horizonte, na noite dessa terça-feira (29).

O crime foi por volta das 19h30, na rua Pedrinho Pedroca, no bairro Santo Antônio. As vítimas tinham entre 19 e 33 anos

A Polícia Militar (PM) foi acionada e quando chegou ao local encontrou três homens baleados em pontos distintos de uma escadaria da rua.

Continua após a publicidade

Um homem identificado por Alexandre levou um tiro no joelho esquerdo. Outro, identificado por Thales, foi baleado no lado direito da costela. O terceiro ferido, identificado por Thiago, foi baleado três vezes, com um tiro no olho e dois no abdome.

A perícia recolheu várias capsulas deflagradas no local. Os feridos foram socorridos em uma Unidade de Pronto-Atendimento (UPA).

A PM foi informada por um morador que outros dois homens haviam sido baleados e socorridos antes da chegada dos policiais.

Estes dois homens, Gabriel Henrique Costa, de 23 anos, e Vander Alves de Souza, de 33 anos, morreram na UPA de Pedro Leopoldo.

Os feridos foram transferidos para um hospital de Belo Horizonte. Apenas Alexandre estava consciente e fora de risco. Ele contou que conversava com as outras vítimas, sentados na escada, quando ouviu diversos tiros disparados na direção deles e que tentou fugir. Alexandre disse não saber quem são os autores.

Uma testemunha contou que na hora dos tiros a rua estava bastante movimentada e que as pessoas ficaram em pânico. Também disse à PM que todas as vítimas são envolvidas com o tráfico de drogas.

A PM já tem o nome de um dos suspeitos do crime, identificado por Roterdan, morador da rua Betim, no mesmo bairro. Ele não foi localizado.

A ocorrência foi registrada na Delegacia da Polícia Civil de Pedro Leopoldo, que apura o duplo homicídio e as três tentativas de homicídio.


Comments are closed.