Por conta da greve dos caminhoneiros, a Secretaria de Educação de Minas Gerais suspendeu todas as aulas da Rede Estadual de Ensino até a próxima sexta-feira, 1º de junho. E a medida pode ter impacto no aprendizado dos alunos.

Vale lembrar que os professores da rede estadual deflagraram greve em 8 de março e ela só foi encerrada no dia 18 de abril, o que já causou prejuízos no calendário escolar. Com a nova suspensão, as aulas serão retomadas apenas em 1º de junho.

Continua após a publicidade

A psicóloga Danielle Ribeiro, especialista em psicologia escolar, disse que tantas paralisações podem impactar o aprendizado dos alunos.

“O que isso impacta diretamente na aprendizagem dos alunos? Falta de motivação e quebra de rotina. Os alunos sentem mesmo essa descontinuidade do trabalho psicopedagógico que é realizado e a gente vê esse impacto na autoestima, no rendimento, o que é muito preocupante”, disse Ribeiro, que afirmou que as paralisações também afetam os professores da rede estadual.

Esse é um assunto que também preocupa os pais de alunos, como por exemplo, a possível sobrecarga de matérias e aulas aos sábados.

“Com isso, passam as matérias rápido demais e o aluno não consegue acompanhar. Sem contar que tem repor no sábado, isso prejudica muito o aluno”, disse o comerciante Daniel Silva, pai de estudante da rede estadual.

Informações: Anderson Magrão


Comments are closed.