Foto: Divulgação Polícia Civil

O Ministério Extraordinário de Segurança Pública deflagrou, na manhã desta quinta-feira, 17, a Operação Luz na Infância II, que visa combater à pedofilia em todo o território nacional. Dos 579 mandados de busca e apreensão, 68 foram expedidos para Minas Gerais. E um dos cinco principais investigados da ação foi preso em Uberlândia, com mais de 750 mil arquivos em sua posse.

A Polícia Civil iniciou os trabalhos nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira. No Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, foram apreendidos diversos computadores, celulares, máquinas fotográficas e HDs, que continuam material pornográfico, incluindo crianças envolvidas em atividades sexuais.

Publicidade

Um dos cinco principais investigados da Operação Luz na Infância II foi preso em sua casa em Uberlândia, no Bairro Santa Mônica. Ele tem 25 anos, trabalha como advogado e pertence a uma família de classe média alta da cidade.

De acordo com delegado Fábio Ruz, o homem é apontado como o investigado número um entre os mais 600 suspeitos de envolvimento em todo o país. Ele estava em posse de cerca de 750 mil arquivos, que continham imagens e vídeos de pornografia e pedofilia. E afirmou que a polícia também encontrou o vídeo de uma criança que seria próxima do rapaz.

“No momento em que ele percebeu a ação policial, ele já subiu pro quarto dele, no segundo andar da casa, e ali, ele tentou apagar alguns vídeos contendo esse material de conteúdo criminoso. Nós identificamos o vídeo de uma criança, muito provavelmente do convívio social dele. Já identificamos a criança e isso ta sendo trabalhado por nossos experts”, afirmou o delegado.

O suspeito foi encaminhado a Delegacia Especializada de Investigação a Furto e Roubo de Veículos Automotores, que é chefiada pelo delegado Fabio Ruz. Depois, foi levado para o Presídio Jacy de Assis.

Outros suspeitos também foram presos nos municípios de Uberaba, Ibiá e São Gotardo.


Vale a pena abrir uma empresa enquadrada no MEI? Saiba algumas vantagens e desvantagens

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here