Por retomada antes da Copa, Atlético tenta superar ‘seca’ de gols no Independência

Artilheiro do time no ano, com 12 gols, Ricardo Oliveira não marca no Independência há quatro jogos Fonte: pedro Souza/Atlético

No Campeonato Brasileiro, são três vitórias em quatro jogos no Independência. O retrospecto recente do Atlético no estádio, porém, tem um aspecto curioso. Nas quatro partidas disputadas no Horto no mês de maio, o time alvinegro marcou apenas um gol. Cenário que precisa mudar para que a equipe se recupere na competição.

O único gol marcado pelo Atlético no Independência nos últimos quatro jogos foi de autoria de Róger Guedes. O atacante deu ao time a vitória por 1 a 0 sobre o Cruzeiro, pela sexta rodada da Série A. Nas outras partidas, empates por 0 a 0 com Chapecoense (ida das oitavas de final da Copa do Brasil) e San Lorenzo-ARG (volta da primeira fase da Copa Sul-Americana) e derrota por 1 a 0 para o Flamengo (sétima rodada do Brasileirão).

Entre compromissos como mandante e visitante, o Atlético marcou 26 gols em 18 jogos no Independência nesta temporada – média de 1,44 por partida, bem superior aos 0,25 de maio. A equipe alvinegra tem sofrido com as fortes marcações dos adversários, que costumam aguardar as investidas dos donos da casa.

Reverter a situação em junho é importante. Afinal, o Atlético terá quatro jogos pelo Brasileirão antes do início da Copa do Mundo. Todos eles serão disputados justamente no Independência. A sequência se inicia neste sábado, às 16h, contra a Chapecoense. Em seguida, a equipe encara América (como visitante), Fluminense e Ceará.

Superesportes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Senac oferece oficinas para impulsionar comércio no Dia dos Namorados

Polícia faz operação no Mercado Central para coibir preços abusivos após a greve