Marcas de tiros em um prédio da Polícia Militar, um ônibus completamente destruído e parte da Câmara Municipal incendiada. É nesse cenário de guerra que amanheceu a cidade de Passos, na região Sul de Minas, nesta segunda-feira (4). 

Bandidos supostamente ligados ao Primeiro Comando da Capital, PCC, e que teriam recebido ordens de comandantes da quadrilha –que estão presos – para “tocar o terror”, seriam os responsáveis pela onda de crimes que aterrorizou Passos e pelos menos outras 16 cidades do Estado.

Segundo a PM, os três ataques no município do Sul de Minas aconteceram em um intervalo de sete horas, entre 19h da noite desse domingo e 2h da madrugada desta segunda.

Continua após a publicidade

Disparos contra a PM

O primeiro ataque foi contra um pequeno prédio da Polícia Militar utilizado para registrar boletins de ocorrência. O local estava vazio no momento dos disparos, que aconteceu por volta de 19h05. Os criminosos atiraram 10 vezes contra o edifício com uma pistola semiautomática calibre .380.

Ônibus queimado

Já o ônibus foi incendiado às 20h55. A PM ainda não deu detalhes sobre o ataque contra o coletivo.

Incêndio na Câmara

O prédio da Câmara Municipal, por sua vez, foi atacado entre 1h30 e 2h. O major Célio Aparecido contou que a polícia só foi acionada para atender a essa ocorrência na manhã desta segunda.

Um vigia do edifício contou à PM que durante a madrugada um homem quebrou uma das janelas com uma pedra, jogou gasolina em uma cortina e depois ateou fogo. O funcionário conseguiu apagar as chamas rapidamente, mas o suspeito não foi identificado por ele.

Segundo a assessoria de imprensa da Câmara Municipal, o ataque causou pequenos estragos no plenário, em uma parte que fica em frente à janela quebrada.

Atividades continuam

As atividades não foram interrompidas na Casa por causa do ataque e os veradores, inclusive, participarão de uma reunião ordinária nesta segunda.

Conforme a assessoria, os reparos já estão sendo feitos no plenário.

Dois presos

Ainda de acordo com o major, dois irmãos foram presos por tráfico de drogas, em Passos, nas últimas horas. A PM, que conta com o apoio da Polícia Civil, apura se eles participaram dos ataques contra o prédio da corporação, o ônibus e a Câmara Municipal.

Confira a lista das cidades atacadas:

Itajubá 
Brasópolis
Monte Santo  de Minas
Lagoa Prata 
Passos 
Guaxupé
Alfenas
Poços de Caldas
Uberaba
Uberlândia
Pouso Alegre
Cruzília
Varginha
Belo Horizonte
Três Corações
Santa Luzia
Araxá


Comments are closed.