Quando receber alta médica da Santa Casa de Montes Claros, na região Norte de Minas, a jovem Carolina dos Santos Brito, de 20 anos, vai direto para a prisão. É o que garante a Polícia Civil, que autuou em flagrante a mulher que causou pânico pelas ruas da cidade, na madrugada desta segunda-feira (4), ao esfaquear uma mulher de 32 anos, atacar um policial militar e ameaçar outros moradores.

Carolina está no hospital porque foi baleada pelo policial, que não teve a identidade divulgada. Segundo a PM, a jovem tentou esfaquear o militar na cabeça no momento em que ele chegava em uma viatura na rua Mato Verde, no bairro Conferência Cristo Rei.

O policial foi chamado até o local pelos moradores depois que a jovem criminosa esfaqueou uma outra mulher, de 32 anos, no meio da rua e ainda ameaçou matar os vizinhos que viram o crime.

Continua após a publicidade

Conforme os relatos da PM, ao chegar ao local e ver a mulher ferida, o policial foi surpreendido ainda dentro da viatura. Era a jovem que vinha na direção dele para atacá-lo na parte de trás da cabeça com a faca.

O militar então sacou a arma e atirou contra Carolina duas vezes: um tirou acertou o braço e o outro o abdômen. A mulher, a jovem e o policial foram socorridos para a Santa Casa e nenhum deles corre o risco de morrer.

Motivação desconhecida

As polícias militar e civil ainda não sabem o que motivou o ataque de Carolina contra a outra mulher. Investigadores foram até a Santa Casa na manhã desta segunda para ouvir a jovem, mas ela estava sedada porque tinha saído de uma cirurgia. De acordo com a corporação, assim que a jovem estiver bem ela será encaminhada para o sistema prisional.


Comments are closed.