Três quilos de ecstasy escondidos no fundo falso de uma bagagem. Um português, de 36 anos, foi flagrado com a droga pela Polícia Federal, na noite dessa segunda-feira (4), ao desembarcar no aeroporto de Confins, na região metropolitana de Belo Horizonte. O criminoso veio de Lisboa e entregaria os entorpecentes para um conterrâneo, de 37 anos, que estava hospedado em um hotel na capital mineira.

Os investigadores da Polícia Federal prenderam o homem em flagrante no aeroporto e foram até o centro de BH com o objetivo de localizar o receptador. No hotel, os agentes prenderam o outro traficante português e identificaram que ele já tem antecedentes criminais por tráfico internacional de drogas. Os outros delitos foram cometidos em Portugal.

O homem de 37 anos disse que está no Brasil há pouco mais de uma semana. Antes de vir a BH, o português passou pelo Rio de Janeiro, mas a Polícia Federal não informou se ele também recebeu ou vendeu drogas na cidade.

Continua após a publicidade

No momento em que a PF chegou ao hotel, o português estava acompanhado de uma namorada. Segundo a corporação, a mulher, que não teve a idade divulgada, foi ouvida e liberada porque não foram encontradas provas da participação dela no crime.

Os dois traficantes portugueses serão conduzidos à penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, onde permanecerão à disposição da Justiça Federal. Se forem condenados, os investigados poderão cumprir até 15 anos de prisão.

A Polícia Federal não esclareceu se a droga oriunda de Lisboa seria vendida pelos criminosos em Belo Horizonte ou seguiria para outra para outra cidade.


Comments are closed.