Na semana em que ocorrem vários ataques a coletivos em cidades do Triângulo Mineiro, detentos foram transferidos, na tarde desta quinta-feira (7), da Penitenciária Aloísio Inácio de Oliveira, em Uberaba.

A transferência foi realizada pelo Comando de Operações Especiais de Belo Horizonte (Cope). Informações extraoficiais dão conta que entre os transferidos estariam integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC), e que a mudança de unidade prisional teria relação com os últimos crimes na região. Em Uberaba, pelo menos cinco coletivos foram incendiados nos últimos dias.

A Secretaria de Estado de Administração Prisional (Seap) confirmou ao jornal O Tempo as transferências, mas alegou que foi uma ação de rotina na unidade. Por questões de segurança, não foram informados o número de presos transferidos, os nomes deles e o destino de cada um.

Continua após a publicidade

Fonte: O Tempo


Comments are closed.