Mesmo com acordo fechado, ida de Rodrygo, de 17 anos, à Espanha só poderá acontecer em 2019 Fonte: Ivan Storti/Santos

De acordo com o jornal espanhol Marca, Real Madrid e Santos fecharam um acordo para a venda de Rodrygo, de 17 anos. Segundo a publicação, a operação, que custará 45 milhões de euros (cerca de R$207 milhões) aos cofres merengues, foi fechada no último final de semana. O valor acordado é 5 milhões de euros mais barato que a multa rescisória do jogador.

Ainda de acordo com a publicação, sabendo da iminente saída do jovem, o Santos tentou aumentar o valor da sua cláusula rescisória de 50 pra 100 milhões de euros (cerca de R$460 milhões), mas a rapidez do clube espanhol impediu que a medida fosse realizada.

Continua após a publicidade

O Barcelona também estava no páreo para levar Rodrygo, mas algumas insatisfações do Santos com o clube catalão, que vêm desde a venda de Neymar, em 2013, facilitaram a opção pelo Real Madrid. O atacante, contudo, foi o primeiro a dar o “ok” ao clube madridista, e só depois a negociação passou a ser tratada com o presidente José Carlos Peres.

Mesmo com um acordo fechado, a ida de Rodrygo à Espanha só poderá acontecer em 2019, caso parecido com o de Vinicius Junior, do Flamengo. Como o jogador santista tem apenas 17 anos, só poderá concluir a sua transferência a partir do dia 9 de janeiro de 2019, quando completa o seu 18° aniversário.

Superesportes


Comments are closed.