Três homens que foram presos com meia tonelada de maconha foram apresentados na tarde desta quinta-feira (7) pela Polícia Civil. De acordo com a corporação, eles foram presos durante uma operação em maio, no bairro Santa Mônica, na Região de Venda Nova, depois de dois meses de investigação.

Um dos presos é o traficante conhecido como Baias, apontado como braço direito de um foragido da Justiça, apelidado de Totó. De acordo com o investigador Jamerson, que liderou as ações da equipe da Polícia Civil, eles estiveram envolvidos na morte do advogado criminal Jayme Eulálio de Oliveira, em outubro de 2013, na região da Pampulha.

O policial conta que a equipe observava a residência há vários dias e, depois de observar a movimentação no local, conseguiu um mandado da Justiça para fazer a abordagem.

Continua após a publicidade

Segundo os levantamentos da Polícia Civil, a droga vinha da Bolívia. Além de Baias, foram presos o dono da casa e um outro homem que pegava parte da droga para revender em outra região da capital.


Comments are closed.