Ricardo Cavalcante da Silva, de 42 anos, foi preso pela Polícia Civil suspeito de ter cometido um estupro no domingo (3) no bairro Bonfim, na região central de Belo Horizonte.

A vítima, de 33 anos, narrou à Polícia Civil que, em um primeiro momento, o suspeito a abordou de forma violenta, mas ela conseguiu se desvencilhar, usando spray de pimenta, e fugindo em seguida.

Segundo a vítima, Silva a abordou novamente dias depois e ela foi salva das agressões por um amigo. Em função dos acontecimentos, a Polícia Civil pediu a prisão preventiva, que foi deferida pela Justiça.

Continua após a publicidade

Ele foi detido em uma residência, onde alugava um quarto no bairro Colégio Batista e não resistiu à prisão e foi encaminhado ao Sistema Prisional.

Maníaco

Silva possui 12 passagens por crimes sexuais e é conhecido como “Maníaco da Floresta” ou “Tarado da Floresta”.

Ele tinha o costume de abordar mulheres e mostrar seu órgão genital, bem como persegui-las, além de se masturbar em público.

Em 2014, Silva respondeu por estupro contra três vítimas, após molestá-las durante uma feira no Centro da cidade. Ele teria cometido ações semelhantes nas regiões dos bairros Savassi, Lourdes e Floresta.


Comments are closed.