Dois homens morreram durante uma troca de tiros com policiais militares, nessa sexta-feira (8), no bairro Novo Alvorada, em Sabará, na região metropolitana de Belo Horizonte. Um dos mortos era homicida e tinha mandado de prisão em aberto.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, a equipe policial foi informada que ocorria uma guerra do tráfico na área, que faz divisa com o bairro Goiânia, em Belo Horizonte. O denunciante também afirmou que traficantes estavam escondidos em uma casa com armas.

Militares deslocaram até o endereço indicado e encontraram um grupo de pessoas. Na tentativa de abordagem, os suspeitos apontaram armas para os policiais, que ordenaram que todos se entregassem. No entanto, a ordem não foi obedecida e um dos homens, identificado como Yuri Oliveira Zacharias, de 23 anos, efetuou disparos e os agentes de segurança revidaram. Com o homem foi localizada uma pistola 765 com numeração raspada.

Continua após a publicidade

Em uma tentativa de fuga, Diego Magela dos Santos, de 25 anos, subiu em um telhado. Ele também estava armado e, para se defender, a equipe atirou mais uma vez. O jovem e o militar que participava da ocorrência chegaram a cair do telhado.

Com Santos foi encontrada outra arma com munição picotada. Durante o socorro dos suspeitos, outros dois homens passaram de motocicleta pela viatura e atiraram contra os policiais. Eles não foram identificados.

Santos, que tinha uma extensa ficha criminal, era foragido e teria participado de um homicídio em janeito, foi encaminhado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Leste e Zacharias para UPA Primeiro de Maio. No entanto, eles não resistiram aos ferimentos.

Em uma casa do bairro foram localizados revólveres, várias munições, 15 buchas de maconha, 27 pinos de cocaína e um jet loader, usado para recarregamento rápido de armas.

O militar que caiu do telhado teve ferimentos leves. As armas dos policiais foram recolhidas e um procedimento interno será aberto pela corporação para apurar o caso. 

 


Comments are closed.