Danças folclóricas com o grupo Shinsei Acal (Divulgação)

Há 110 anos, o navio Kasato Maru aportava no Brasil com a primeira geração de imigrantes japoneses. Hoje, seus descentes já somam mais de um 1,9 milhão de pessoas, tornando-se a maior comunidade nipônica fora da Terra do Sol Nascente. No mês em que se comemora esse marco, o Domingo na Paulista, evento promovido pela Fiesp e o Sesi-SP, oferece uma tarde repleta de atrações tradicionais da cultura japonesa, em frente ao Centro Cultural Fiesp, na Avenida Paulista.

A programação gratuita acontece até as 17h, com atividades que vão desde ginástica para terceira idade, com Kenko Taisso, a demonstrações de artes marciais, com a Confederação Paulista de Kendo. Haverá também apresentações artísticas da Banda Todos Nós, danças folclóricas com Shinsei Acal (foto), Odori Hanonakai e Tottori Shan Shan Kassa Odori. Integram a celebração, apresentações potentes com taikos (tambores japoneses) dos grupos de Parada Taiko, Himawari Taiko (foto), Requios Gueinou Doukoukai e Ryukyu Koku Matsuri Daiko.

Continua após a publicidade

Uma das atrações do evento será a apresentação da música tema das comemorações Arigatô Brasil (Obrigado Brasil), interpretada pelo cantor e compositor Joe Hirata. A canção destaca a história e a gratidão a terra que acolheu os imigrantes japoneses.

Para demonstrar a amizade Brasil-Japão, a Escola de Samba Águia de Ouro fará uma participação especial no evento. A escola tem forte envolvimento com a comunidade nipônica desde o carnaval de 2015, ano em que homenageou o Japão em seu desfile.

Agência Brasil


Comments are closed.