A região metropolitana de Belo Horizonte amanheceu nesta quinta-feira (14) com mais um ônibus destruído. O ato criminoso começou em Betim e terminou em Contagem.

Um carro de passeio que estava estacionado próximo ao local onde começou o ataque, no bairro Capelinha, em Betim, também ficou completamente destruído pelas chamas.

De acordo com a Polícia Militar (PM) cinco homens armados e encapuzados renderam o motorista da linha 415, que liga os bairros Granja Verde ao Centro de Betim, enquanto o coletivo estava parado no ponto final da linha, na divisa dos bairros Granja Verde e Capelinha.

Continua após a publicidade

O motorista afirmou à polícia que foi obrigado a dirigir o coletivo até a Via Expressa em Contagem e atravessar o ônibus bloqueando completamente a via, no sentindo Belo Horizonte.

Após isso, os criminosos retiraram o motorista do coletivo e, usando gasolina, iniciaram o incêndio que se alastrou e atingiu uma pequena caminhonete de carga que estava estacionada em frente a uma borracharia que fica localizada às margens da Via Expressa.

Além disso, árvores e um ponto de ônibus também foram atingidos pelas chamas.

Os bandidos fugiram em dois carros. O Corpo de Bombeiros teve que ser chamado para conter as chamas. As redes de energia elétrica, de telefonia e de internet ficaram completamente destruídos.

Técnicos da Companhia de Energia Elétrica de Minas Gerais (CEMIG) tiveram que trocar três postes de sustentação de rede elétrica para reestabelecer o serviço de energia elétrica no local do ataque. Nenhuma pessoa foi presa até o momento.


Comments are closed.