Dois criminosos que tinham passagens por receptação, tráfico de drogas, roubo, homicídio e clonagem de veículos foram presos nesta terça-feira (19) após uma intensa perseguição na região do Barreiro, em Belo Horizonte.

Mais cedo, Erick Teodoro Cardoso, de 26 anos, e Leonardo Souza da Silva, de 41, e outros dois comparsas haviam invadido uma residência no Solar do Barreiro, onde trancaram duas vítimas em um cômodo e saíram levando eletrodomésticos e outras mercadorias. A Polícia Militar ainda procura pelos outros dois criminosos que participaram da ação.

Os criminosos que foram presos estavam em uma Fiorino e os outros dois comparsas que conseguiram fugir faziam a escolta em um Uno de cor escura.

Continua após a publicidade

As vítimas estavam chegando na residência quando foram rendidas pelo grupo armado. Um dos moradores trabalha em uma empresa de transporte de mercadorias e estava com 89 pacotes já prontos para entrega em seu veículo. Os bandidos roubaram esses pacotes e outros pertences na residência.

Após a ação, as vítimas ligaram para a Polícia, que armou um cerco pelas principais vias da região e ainda atuou com uso do helicóptero da corporação.

A perseguição se intensificou quando a Fiorino foi vista na rua Olinto Meireles. Os criminosos passaram em alta velocidade pelo bairro Milionários e só pararam no Anel Rodoviário, quando os pneus do veículo foram atingidos por disparos dos policiais. A dupla foi presa e o material roubado foi recuperado.

Preferiam a morte

Os dois criminosos contaram aos policiais que foram convidados por um homem chamado de “Gordinho” para cometer o roubo. Eles iriam encontrar com o suposto mandante em um supermercado de Contagem, na Grande BH, onde cada um receberia R$ 2 mil.

Eles diserram à polícia que aceitaram a proposta por dificuldades financeiras e que se arriscaram durante a fuga porque preferiam morrer à prisão.

A dupla foi encaminhada para a Central de Flagrantes III, na região do Barreiro. Os outros dois criminosos ainda são procurados.

 


Comments are closed.