A Policia Civil cumpriu nesta terça-feira (19) em Itabirito, na região Central de Minas, 10 mandados de prisão, incluindo a de dois secretários da prefeitura, e 17 mandados de busca e apreensão.

Batizada de Pedra Vermelha, a operação é contra fraudes à licitações destinadas à contratação de empresas de transporte escolar, de pavimentação e “tapa-buracos” em Itabirito.

Os crimes praticados pelos investigados provocaram danos aos cofres públicos de cerca de 201 milhões de reais. 

Continua após a publicidade

A Prefeitura de Itabirito amanheceu de portas fechadas. Nenhum funcionário ou representante do Executivo quis falar sobre o caso até o momento.

Moradores da cidade disseram que a operação aconteceu por volta de 6h da manhã e mais de 50 viaturas estiveram na porta da prefeitura e também da Câmara Municipal. 

A operação contou com a participação de três promotores de Justiça e de três servidores do MPMG, e de 15 delegados e 59 investigadores e escrivães da Polícia Civil.

 


Aprenda como fazer uma 'Amoeba' caseira

Comments are closed.