A gripe Influenza já matou trinta e seis pessoas em Minas Gerais em 2018 ─ as informações foram divulgadas pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) nesta segunda-feira (25). Um relatório da SES mostra que o vírus da gripe Influenza já causou mortes e  outros 152 pacientes desenvolveram a forma mais complicada da doença, a Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).

Dos 152 casos dessa forma da doença, 60 foram causadas pelo Influenza A/H3 Sazonal, 54 de Influenza A não subtipado, 32 de Influenza A/(HINI) e 6 Influenza B. Outras 114 casos foram classificados como SRAG por outros vírus.

A campanha de vacinação terminou na última sexta-feira (22), em Minas, mas as vacinas vão continuar disponíveis para o público-alvo em todas as Unidades Básicas de Saúde. De acordo com a SES, a campanha bateu a meta de imunização de 90%, mas crianças e gestantes foram as que menos se vacinaram.

PREVENÇÃO

Continua após a publicidade

Para prevenir a contaminação por este tipo de gripe assim como para evitar passar a doença para outras pessoas, deve-se tomar os seguintes cuidados:

  • Tomar as vacinas para gripe em épocas de campanha;
  • Lavar as mãos com frequência, principalmente ao usar o banheiro ou após chegar em casa;
  • Cobrir a mão e o nariz com um tecido ao espirrar e tossir;
  • Evitar pegar nos olhos, na boca ou nariz ao longo do dia;
  • Evitar o contato com pessoas com sintomas de gripe;
  • Evitar contato com porcos de áreas de surto da doença;
  • Limpar objetos como brinquedos, bancadas, maçanetas de portas, telefones e utensílios de cozinha com água e sabão ou desinfetantes;
  • Em caso de presença de sintomas, evitar o contato com outras pessoas até 24 horas depois de a febre melhorar.

Comments are closed.