Depois de ser assaltado, um homem, de 44 anos, acionou a Polícia Militar (PM) como de praxe. O inusitado é que quem acabou preso foi ele. É que o homem, vítima do assalto, tinha mandado de prisão em aberto por dever pensão alimentícia. O caso foi registrado na noite desta terça-feira (26), em Janaúba, no Norte de Minas Gerais.

De acordo com a Polícia Militar, a irregularidade foi descoberta durante o registro do Boletim de Ocorrência (BO) por causa do assalto. Ainda segundo a polícia, quando os militares foram checar os dados da vítima do assalto no sistema descobriram que o homem era foragido da Justiça. A Polícia Militar não informou há quanto tempo o homem devia pensão alimentícia e nem qual o valor que ele devia.

O homem com mandado em aberto foi preso e encaminhado a Delegacia de Polícia Civil de Janaúba, que vai investigar o caso.  De acordo com a Polícia Civil ele já foi encaminhado ao sistema prisional.

Continua após a publicidade

O assalto

De qualquer forma, a polícia registrou também o assalto. O homem contou aos militares que estava na rua Grão Mongol, no bairro Padre Eustáquio,  de moto, quando um homem a pé passou pelo local, bateu nele com um capacete, disse estar armado e exigiu que ele passasse os pertences.

Foi roubado celular, documentos, dinheiro e a motocicleta do rapaz. Para recuperar os bens, a vítima do assalto resolveu acionar a PM.  A motocicleta foi encontrada abandonada no município de Nova Porteirinha, também no Norte de Minas. No entanto, o autor do assalto não foi encontrado.

 


Comments are closed.