Um levantamento do Governo de Minas junto às forças de segurança do estado (Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Secretaria de Administração Prisional – Seap) apontou que houve redução no número de roubos e homicídios.

Os dados apontam que registros de roubos em MG tiveram queda de 32,8% nos cinco primeiros meses de 2018. Ou seja, de janeiro a maio de 2017 foram 52.459 ocorrências contra 35.253 neste ano. Isso significa que evitou-se pelo menos 114 roubos por dia.

Para o comandante-geral da Polícia Militar, Cel. Helbert Figueiró de Lourdes, a redução dos crimes violentos, entre eles o homicídio, “não acontece por acaso” e é resultado de “estratégias e investimentos que estão sendo feitos em segurança”.

Continua após a publicidade

O comandante afirma que o aumento do número de apreensões de armas pela Polícia Militar também tem contribuído de forma expressiva para a redução dos homicídios, bem como dos crimes contra o patrimônio.

Uberlândia

Entre as cidades do interior com reduções percentuais de destaque no número de registros de homicídio está Uberlândia, no Triângulo Mineiro. Segundo os dados do governo, houve queda de 54,17%. Nos registros oficiais foram 48 mortes nos cinco primeiros meses de 2017 contra 22 no mesmo período deste ano.

Os dados, no entanto, não batem com os registros do Portal V9 Vitoriosa, da TV Vitoriosa. Nosso acompanhamento mostrou 28 ( e não 22) mortes de janeiro a maio de 2018, contra 55 no mesmo período de 2017.  Mesmo assim a redução foi bastante significativa – a redução, portanto, seria de 50,90%.

A diferença ocorre, porque nós acompanhamos estados de saúde de pacientes internados vítimas de violência, que morrem posteriormente ao encerramento das ocorrências policiais.


Comments are closed.