Estátua da ninfa foi destruída na noite de quarta-feira
(foto: Guarda Municipal/Divulgaçãosc

Uma psicóloga de 45 anos foi presa depois de quebrar uma estátua na praça Rui Barbosa, em frente a praça da Estação, região Centro-Sul de Belo Horizonte.

O crime aconteceu por volta de 20h45 da noite desta quarta-feira (27) quando guardas municipais faziam ronda no local e flagraram a mulher destruindo a estátua Ninfa.

De acordo com a assessoria de imprensa da Guarda Municipal, a suspeita estava também com uma porção de maconha e, muito agressiva, ela acabou agredindo os guardas que precisaram usar força física para conter a suspeita.

Continua após a publicidade

Apsicóloga foi algemada e levada para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Centro-Sul onde foi atendida e depois encaminhada a Central de Flagrantes da Polícia Civil (Ceflan 2).

Ainda de acordo com a guarda, não foi apreendido com a mulher nenhum material usado para quebrar a estátua. Ela também não estava com mais ninguém na praça. A guarda informou apenas que a suspeita estava aparentemente drogada, mas não detalhes da justificativa da mulher para o ato.

A assessoria de imprensa da Polícia Civil informou que a psicóloga foi autuada em flagrante e encaminhada ao sistema prisional. No ano passado uma outra estátua, a de um tigre também foi completamente destruída.

Estátua Ninfa

A Praça Rio Branco é composta por duas estátuas ninfas, duas de leões e duas de tigres. Cada uma delas pesa cerca de 700 quilos. Em 2007 a praça Rui Barbosa foi toda restaurada. Ela ganhou novo piso, lixeiras, bancos, duas fontes com jatos de água, novos postes e luminárias.


Comments are closed.