Um homem, de 27 anos, e uma mulher, de 26 anos,  foram  presos após arrombarem uma residência e furtarem uma televisão, na tarde de quarta-feira (27), no Bairro Santa Mônica, na região da Pampulha. Segundo a Polícia Militar (PM), o homem se escondeu dos militares se enrolando em um tapete. Eles integram uma quadrilha especializada em roubos. 

De acordo com a PM, por volta das 17h de quarta-feira (27), militares foram acionados por uma denúncia de furto realizado por duas pessoas que estavam em um Fiat Punto. Ao puxarem no sistema o número da placa do veículo, os policiais identificaram que se tratava de um indivíduo suspeito de realizar crimes da mesma natureza na região. 

Quando a guarnição se deslocou à casa do suspeito, os policiais foram atendidos por uma mulher, de 26 anos, também suspeita de furto. A mulher informou que o marido não estava e autorizou a entrada dos militares, que após fazerem uma busca no  imóvel, encontraram o suspeito enrolado em um tapete, no intuito de se esconder da polícia. 

Continua após a publicidade

Ainda de acordo com a PM, o autor confessou o crime  e informou o local onde havia escondido o aparelho furtado, mas pediu para que sua esposa não fosse presa também. Os militares desconfiaram, e ao analisarem as câmeras de segurança da casa arrombada identificaram que ela estava no veículo durante o crime. Na residência do casal,  foram encontrados relógios, perfumes importados, televisões e outros eletrônicos. Nenhum dos objetos havia comprovante fiscal. 

Na delegacia, o homem informou à polícia que também havia em posse armas roubadas. Ele tentou subornar os militares oferecendo comprar armas de fogo para eles.

Segundo as investigações, a esposa, além de ajudar nos furtos, era encarregada de divulgar em sites de compra e venda na internet os produtos furtados. 

Quadrilha

O casal informou aos militares que outros dois homens, um de 19 e outro de 27, também ajudavam nos furtos. Os dois ainda não foram encontrados pela polícia. 

De acordo com a PM o esquema é sempre o mesmo: os criminosos monitoram as casas para saber quando os donos não estão nos imóveis, arrombam os portões e furtam vários objetos, principalmente aparelhos eletrônicos.

Ainda de acordo com a PM, o rapaz de 19 anos era encarregado de guardar alguns objetos e o de 27 anos participava dos arrombamentos. 

O casal foi detido e eles foram acusados de furto qualificado e corrupção ativa. 


Comments are closed.