Poupado no treino desta sexta-feira, lateral Marcelo apareceu no gramado de chinelo. Fonte: AFP/Nelson Almeida

Como era esperado, o lateral esquerdo Marcelo foi poupado do treino desta sexta-feira, em Sochi, base da Seleção Brasileira na Rússia. Em recuperação de um espasmo na coluna, sofrido no início do duelo com a Sérvia, o jogador apareceu no gramado calçando chinelos apenas para participar de uma reunião conduzida pelo técnico Tite. Em seguida, o camisa 12 seguiu para a fisioterapia.

Embora não tenha treinado com o grupo, Marcelo tem grandes chances de enfrentar o México na próxima segunda-feira, pelas oitavas de final da Copa do Mundo. Essa, ao menos, é expectativa da comissão técnica e do departamento médico, que veem o atleta evoluindo de modo satisfatório desde a lesão.
Se Marcelo segue sob cuidados especiais, Danilo está novamente à disposição de Tite. Recuperado de uma lesão muscular no quadril, o lateral direito voltou a treinar sem restrições com os companheiros. No entanto, como agradou nos últimos dois jogos, Fagner pode seguir entre os titulares, que realizaram apenas atividades regenerativas nesta sexta (incluindo Filipe Luís, que substituiu Marcelo no duelo com a Sérvia).
Já Douglas Costa iniciou o processo de transição para o campo e fez trabalhos físicos, acompanhado de perto pelo fisioterapeuta Bruno Mazziotti e pelo médico Rodrigo Lasmar. O atacante, que se recupera de uma lesão na coxa direita, não deve reunir condições de jogo para encarar o México.
O Brasil volta a treinar neste sábado, às 9 horas (de Brasília), em Sochi. Em seguida, a delegação já embarca para Samara, onde será disputado a partida contra o México, segunda-feira, às 11 horas (de Brasília).
Superesportes

Comments are closed.