A polícia capturou dois homens e uma mulher suspeitos de participarem dos ataques duas agências bancárias e a sede de uma companhia da Polícia Militar na madrugada desta segunda-feira (11) em Campo do Meio, no Sul de Minas Gerais.

A prisão do trio foi efetuada em Cordeirópolis, no interior de São Paulo. Segundo a Polícia Militar, o trio foi preso após procurarem atendimento médico em um hospital da cidade, para socorrer um dos suspeitos que tinha um ferimento a bala na perna esquerda. 

Publicidade

Após receber o paciente, a médica responsável pelo atendimento chamou a polícia desconfiando da história contada pelo trio para justificar o ferimento na perna de um dos suspeitos.

Carlos Roberto Santos, de 38 anos, foi transferido para o Hospital de Limeira, para fazer a retirada da bala que esteva alojada na perna esquerda.

O outro homem e a esposa dele, que não tiveram os nomes divulgados pela polícia, foram presos e confessaram a participação nos ataques criminosos.

Ataques

Na madrugada desta segunda-feira, um grupo de oito homens atacou simultanemente um agência do Banco do Brasil, um posto de atendimento do Bradesco e uma companhia da Polícia Militar na pequena Campo do Meio, no Sul de Minas.

Os bandidos trocaram tiros com a polícia por aproximadamente trinta minutos. Um homem, suspeito de participar dos atos criminosos, morreu na troca de tiros.


Assista ao documentário 'Orlando Sabino - O monstro de Capinópolis'

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here