Um homem, de 45 anos, assassinou a companheira, de 56, e, em seguida, tirou a própria vida no fim da madrugada deste domingo (1º) no Condomínio Jardim de Petrópolis, em Nova Lima, na região metropolitana de Belo Horizonte

Antes de cometer os crimes, segundo consta no boletim de ocorrência da Polícia Militar, o homem ligou para a portaria do residencial e informou que iria matar a companheira. Além disso, o suspeito ainda teria afirmado que, logo depois, se mataria. 

O funcionário do condomínio que trabalha na recepção acionou a Polícia Militar. Antes da chegada dos agentes, o morador retornou a ligação para a portaria, informando que já tinha executado a companheira. 

Continua após a publicidade

Quando os militares chegaram a residência, encontraram os corpos dos dois moradores amarrados, com cordas, na região do pescoço. A suspeita é que a mulher tenha sido morta por esganamento. 

As mortes foram confirmadas por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e uma perícia técnica foi feita na casa. 

Conforme informações do boletim de ocorrência, não tinha ninguém do imóvel, além do casal. Dessa forma, a motivação do crime ainda é desconhecida.

A Polícia Civil deve abrir um inquérito para investigar o caso. 


Comments are closed.