O governo de Minas Gerais vai continuar parcelando os salários dos servidores estaduais até o fim do mandato de Fernando Pimentel (PT). A Secretaria de Estado de Fazenda confirmou a informação repassada pelo secretário de Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães, durante um evento nesta quinta-feira.

Desde fevereiro de 2016, o governo divide em três parcelas o pagamento do funcionalismo público. Entretanto, mesmo com o parcelamento, frequentemente há atrasos na remuneração.

A Secretaria de Estado de Fazenda disse que a escala de pagamento dos salários de junho, a serem pagos no mês de julho, ainda não foi feita pelo corpo técnico do órgão. É esperado que a programação seja divulgada ainda nesta semana.

Continua após a publicidade

Entretanto, com o jogo da seleção brasileira pelas quartas de finais da Copa do Mundo, que acontece nesta sexta-feira, essa previsão pode ser adiada. 

Atraso

Só na terça-feira, servidores que recebem acima de R$ 6.000 – o equivalente a 8% do funcionalismo – receberam a terceira parcela que estava prometida para o dia 29 de junho. 

Os aposentados denunciam que ainda não receberam. A reportagem entrou em contato com a Secretaria de Estado de Fazenda e ainda aguarda um retorno.


Comments are closed.