Um policial, em seu dia de folga, foi surpreendido com uma tentativa de assalto, na noite desta quarta-feira (4), no bairro São Francisco, Região da Pampulha. Para se defender, a vítima reagiu ao assalto e matou o criminoso com dois disparos no peito. Segundo a Polícia Militar (PM), o assaltante usava tornozeleira eletrônica. 

Segundo a PM, o policial da Rotam estava à paisana em seu carro, um Jeep Renegade, na rua Major Delfino de Paula, no bairro São Francisco, quando foi abordado por Lucas Alexandre Araújo, de 21 anos. A vítima informou que o assaltante saiu de um carro com outros comparsas e apontou uma arma gritando: “perdeu, perdeu”. Foi quando o policial efetuou o disparo.

Ainda de acordo com a vítima, mesmo depois de atingido, Araújo permaneceu em pé. O policial saiu do carro e efetuou mais um disparo. O assaltante tentou fugir para o carro onde estavam seus comparsas, mas não conseguiu e ficou caído na rua. De acordo com a PM, a arma usada por Araújo era um simulacro.

Continua após a publicidade

A Samu foi chamada para atender o criminoso, mas ele não resistiu e morreu no local. Foram levados para perícia, o simulacro e o celular usado pelo assaltante. Na ficha criminal, ele tinha passagens por diversos crimes. A PM ainda informou, que ele usava uma tornozeleira eletrônica que estava coberta por papel alumínio, para dificultar o rastreamento.

O policial foi à delegacia prestar depoimento e foi liberado. O caso foi encaminhado para o Central de Flagrantes 4.  

De acordo com a PM, o caso trata-se de uma ação de legítima defesa e não há motivo de pronunciamento da corporação sobre a ocorrência. 


Comments are closed.