A Polícia Civil e Prefeitura de Poços de Caldas, no Sul de Minas Gerais, comunicaram que irão investigar o caso de um bebê de 5 meses que foi vítima de asfixia enquanto estava no Centro de Educação Infantil Municipal Conceição Aparecida Miguel, no bairro Vila Matilde.

De acordo com a Polícia Militar, a criança foi levada em estado grave para o hospital Margarita Morales e, posteriormente, para o hospital Santa Casa, onde foi internada no Centro de Tratamento Intensivo (CTI).  

Ainda segundo a corporação, a berçarista responsável pelos cuidados da criança informou que o bebê estava em um carrinho, sem cinto de segurança, e adormeceu. Um tempo depois, ela percebeu que a criança havia escorregado e estava com a cabeça presa na grade de proteção do carrinho.

A Prefeitura de Poços de Caldas informou que está prestando total apoio à família e que encaminhou o caso à Secretaria Municipal de Administração e Gestão de Pessoas para a apuração dos fatos e execução das medidas administrativas cabíveis.

De acordo com o órgão, o bebê continua internado no CTI da Santa Casa e o estado de saúde é grave, mas estável. A equipe médica fará uma nova avaliação depois de 72 horas da ocorrência.

A Polícia Civil declarou que está investigando o caso desde segunda-feira (9).


Aprenda como fazer uma 'Amoeba' caseira

Comments are closed.