O vereador de Contagem, Daniel Pereira Fonseca Silva, conhecido como Daniel do Irineu, foi conduzido à delegacia por porte de maconha na noite dessa quinta-feira, por volta de 20h30, depois de uma blitz na avenida José Faria da Rocha, no bairro Eldorado.

De acordo com a Polícia Militar, o carro de Daniel estava com a documentação vencida e foi apreendido.

Os militares informaram que durante a abordagem sentiram um cheiro forte de maconha e realizaram uma busca no veículo.

Continua após a publicidade

No boletim de ocorrência, foi registrado que havia um cigarro de maconha aceso no console e também uma porção considerável da droga na mochila de Daniel.

A reportagem de O TEMPO entrou em contato com o vereador que confirmou a apreensão do veículo, mas negou ser o dono da droga.

“Eu estava indo buscar uma caixa de som no bairro Eldorado com um amigo e fomos parados na blitz. O carro era meu, mas a mochila era do meu amigo e eu não sabia da droga”, declarou Daniel.

O vereador também falou sobre a situação do veículo.  “Eu paguei o documento só que ele ainda não chegou. Com essa questão das greve dos caminhoneiros eu não sabia se tinha ocorrido algum problema”, explicou.

O amigo de Daniel e o vereador prestaram esclarecimentos à polícia, assinaram um termo circunstanciado de ocorrência e foram liberados.

A Câmara Municipal de Contagem informou, em nota, que irá aguardar a apuração final dos fatos para então se manifestar sobre o assunto.

 


Comments are closed.