A Polícia Militar de Vespasiano, na região metropolitana de Belo Horizonte, registrou o segundo incêndio a coletivos em menos de três dias. O crime, dessa vez, aconteceu no fim da tarde desta segunda-feira (16) na saída da garagem de uma empresa de ônibus, no bairro Morro Alto. Ninguém foi preso.

De acordo com os militares, um grupo esperou a saída do veículo da linha 5610 (Morro Alto/ Terminal Morro Alto) e ateou fogo. Segundo as primeiras informações, não havia passageiros e ninguém ficou ferido.

O fogo tomou conta do veículo e a fumaça podia ser vista de longe. O Corpo de Bombeiros foi acionado e conseguiu controlar o incêndio no início da noite.

Continua após a publicidade

As chamas atingiram a fiação e técnicos da Cemig ainda estão no local. A polícia ainda procura pelos criminosos.

Os militares ainda não sabem se o incêndio tem relação com o ataque do últmo sábado, quando criminosos queimaram um ônibus na rodovia MG-10 e deixaram um bilhete reclamando do cancelamento de visitas aos presos da Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, também na região metropolitana.

Militares de Vespasiano acreditam que a ocorrência desta segunda-feira está relacionada ao protesto de moradores que haviam ocupado um terreno no bairro Morro Alto e que foram retirados pelos policiais nesta manhã.

De acordo com a PM, já são pelo menos 78 ônibus queimados em Minas Gerais e 124 pessoas presas ou apreendidas, além de armas de fogo, materiais para queima e celulares.


Comments are closed.