Pelo menos seis pessoas foram socorridas em estado grave após o engavetamento na BR-251, em Francisco Sá, no Norte de Minas Gerais, na manhã desta segunda-feira (16). Outras oito pessoas morreram no acidente.

A pista foi liberada, nos dois sentidos, na noite dessa segunda-feira, por volta de 23h, cerca de 14 horas depois do acidente

Um sargento da Polícia Militar, que estava em um carro de passeio, tem o estado de saúde gravíssimo as outras cinco vítimas estão graves, mas não correm risco de morrer.

Continua após a publicidade

O sargento, de 25 anos, é lotado na cidade de Mato Verde. Ele está entubado e com aproximadamente 90% do corpo queimado. A mãe do militar morreu no acidente.

Todos os feridos graves foram socorridos para a Santa Casa de Misericórdia de Montes Claros, também no Norte de Minas. Uma criança de 5 anos, vítima do acidente, está internada na unidade de saúde. Ela inalou fumaça e no momento tem o estado de saúde estabilizado.

Outras quatro pessoas estão internadas no hospital: dois pacientes de 42 anos, um de 46 e outro de 47 por terem inalado fumaça. Eles não correm risco de morrer.

Outras 46 pessoas também se feriram no acidente, porém de maneira mais leve, e foram socorridas para hospitais de Montes Claros e Francisco Sá. A maioria estava em um ônibus envolvido no acidente teve ferimentos leves e inalou fumaça.

Um helicóptero da Polícia Militar e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) atuaram no socorro as vítimas.

Os mortos

Ainda não há identificação dos mortos. O que se sabe é que havia um carro de saúde de uma prefeitura do Norte de Minas dentre os veículos envolvidos no acidente. A cidade ainda não foi confirmada. Neste carro, um Fiat Dobló, foi onde saíram a maioria dos mortos que foram carbonizadas.

A prefeitura de Josenópolis no Norte de Minas, divulgou uma nota de pesar dizendo que um dos seus funcionários morreu no acidente.

Sobre o acidente

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), onze veículos, sendo quatro carros, uma ambulância, um ônibus e quatro carretas, estão envolvidos no engavetamento. 

Ainda de acordo com a PRF, o acidente ocorreu às 8h34, na altura do KM 474. Depois do engavetamento houve incêndio em uma carga de botijão de gás que fez com que, pelo menos, três pessoas morressem carbonizadas.

Havia risco de explosão e o Corpo de Bombeiros atou no local do acidente apagando o fogo, que foi controlado por volta de 11h40. A fumaça prejudicou o socorro as vítimas, diminuindo a visibilidade no local do acidente.

O engavetamento ocorreu em uma curva. “É um trecho que requer cuidado, muitas curvas sinuosas. A perícia irá dizer as causas, mas estamos em período de férias, é necessário cautela e prudência”, disse o major Darlan Moreira Soares do Corpo de Bombeiros de Montes Claros. 

Veja o vídeo após o acidente:

Trânsito

Com a pista interditada durante quase 14h, nos dois sentidos, para socorro das vítimas, um longo congestionamento se formou no local.

A Polícia Rodoviária Federal desviou o trânsito para carros pequenospor dentro de cidades da região, mas os veículos grandes tiveram que esperar até a noite de segunda-feira. 


Comments are closed.