Uma mulher de 36 anos foi presa suspeita de espancar a filha, de 6 anos, na noite de segunda-feira (16), no bairro Nova Floresta, em Patos de Minas, no Alto Paranaíba. De acordo com a Polícia Militar, a criança recebeu golpes de sandália, socos, além de ter sido sufocada com uma almofada, pois mexeu com as maquiagens da mãe. A mulher foi levada para delegacia, e alegou que ficou nervosa com a hiperatividade da filha. 

O crime ocorreu por volta das 20h40, e segundo a PM o Conselho Tutelar recebeu a denúncia de vizinhos e acionou a polícia. A criança ficou com hematomas nos braços, nos dois olhos, nas costas e no abdômen.

Na supervisão da conselheira tutelar, a criança informou aos militares que a mãe a viu mexendo nas maquiagens e a agrediu com a sandália, deu um soco na sua barriga e ainda tentou sufocá-la usando uma almofada. Além das agressões físicas, a garota relatou que a mãe gritava com ela dizendo: “Eu não gosto de você! Eu vou te matar!”.

Continua após a publicidade

“A mãe utilizou uma rasteirinha e um chinelo, além de socos. E para a criança parar de chorar ela usou uma almofada para abafar os gritos da menina”, relatou Edna Mota, Conselheira Tutelar que atendeu o caso. 

Histórico

A conselheira também informou, que a criança disse que a avó havia a ensinado a correr quando a mãe fosse a agredir. Ainda de acordo com Edna, familiares informaram que há histórico de agressões da mãe contra a menina e também contra a outra filha de apenas 1 ano e 4 meses, além de agressões contra os pais. 

“Foi a primeira vez que alguma denúncia de agressão envolvendo essa família chegou até nós, mas durante a ocorrência, a família nos informou que tratava-se de casos recorrentes”, destacou a conselheira. 

A menina foi acolhida por uma tia, que por coincidência, havia combinado de ir buscá-la para passar uns dias na casa dela. O caso foi encaminhado para o Juizado da vara da infância e adolescência, e provisoriamente a menina ficará sob os cuidados da tia. A família paterna da outra criança foi acionada. 

A mulher foi presa em flagrante e acusada do crime de lesão corporal. Para a polícia, ela informou que a filha é hiperativa e que havia saído várias vezes durante o dia para brincar com as amiguinhas sem pedir autorização. E que acabou ficando nervosa com a bagunça que ela fez com as maquiagens. Ela ainda disse que não tinha intenção de machucar a filha. 


Comments are closed.