Quatro vítimas do acidente que causou oito mortes na BR-251, na Serra de Francisco Sá, no Norte de Minas Gerais, deixaram o hospital. Elas estavam internadas na Santa Casa de Montes Claros e receberam alta na manhã desta terça-feira (17).

Duas pessoas seguem internadas na unidade: um sargento da Polícia Militar, de 25 anos, que teve 90% do corpo queimado, e um homem de 42 anos que teve fratura exposta na perna. 

Outras vítimas do acidente estão no hospital municipal de Francisco Sá. A reportagem de O TEMPO entrou em contato com a Secretaria de Saúde do município para saber quantas pessoas seguem hospitalizaas, mas até a publicação desta matéria, ninguém foi localizado para falar sobre o caso.

Continua após a publicidade

De acordo com a Polícia Militar Rodoviária (PMRv), o motorista de um dos caminhões envolvidos no acidente ainda não foi localizado. A corporação acredita que ele pode ter sido calcificado. 

O acidente

Um engavetamento envolvendo 11 veículos deixou oito mortos e 53 feridos na BR-251, em Francisco Sá, no Norte de Minas.

Um caminhão carregado com melões não conseguiu frear e atingiu outros quatro caminhões, cinco carros e um ônibus.

A pista da rodovia ficou interditada por quase 14 horas, nos dois sentidos, e foi liberada na noite dessa segunda-feira, por volta de 23h.

Investigação

De acordo com a Polícia Civil, os agentes fizeram uma perícia no local e um laudo está sendo elaborado.

O órgão informou que a investigação do acidente depende do boletim de ocorrência que está sendo feito pela Polícia Militar Rodoviária.


Comments are closed.