Rodrigo Pacheco em Ituiutaba, Minas Gerais / foto: Assessoriago

Durante visita a Ituiutaba, nesta quarta-feira (18), o pré-candidato ao governo de Minas pelo Democratas, deputado federal Rodrigo Pacheco, afirmou que não deixará de tomar as “decisões necessárias” para colocar Minas Gerais novamente nos trilhos e, juntamente com a equipe de governo, trabalhar para realizar em primeiro lugar os interesses dos mineiros.

Ao lado de Ana Paula (PP), pré-candidata ao cargo de vice-governadora, e lideranças da região, ele afirmou que seu governo será norteado pela relevância dos temas que são caros à população.

“Eu não deixarei de tomar todas as decisões em favor do interesse dos mineiros. Não tem interesse partidário, não tem interesse da velha política, o interesse vai ser o das pessoas de Minas Gerais”, afirmou.

Continua após a publicidade

Rodrigo Pacheco, atualmente presidente do Democratas em Minas e que se apresenta como uma terceira via à polarização política que governa Minas por muitos anos, afirmou que nunca lhe faltou determinação para enfrentar desafios.

“Não me falta coragem para fazer, por exemplo, o enfrentamento contra dinossauros da velha política, candidatos consagrados, com máquina pública e com partidos políticos muitos fortes. Tenho essa coragem, como terei coragem para tomar as decisões necessárias para colocar Minas Gerais nos trilhos do crescimento”, declarou.

Para tanto, Rodrigo Pacheco vem percorrendo o estado para conclamar os mineiros a se unirem em um pacto em busca da resolução dos diversos entraves do estado.

Dando exemplos, o pré-candidato afirmou que Minas não pode mais perder empresas para outros estados, além de ser primordial a valorização do homem do campo e o combate à criminalidade que, segundo ele, já chegou com muita força ao interior do estado

“Eu sei a realidade do estado e vamos percorrer Minas Gerais para conhecer ainda mais as dificuldades enfrentadas pelos mineiros. Sei das dificuldades que vou enfrentar, mas não vou ficar reclamando do passado. Vou construir o futuro para resolver os problemas de Minas’, afirmou.

Pacheco relembrou ainda a escolha de Ana Paula (PP) como pré-candidata a vice-governadora e citou-a como uma das novidades dentro da proposta em “arejar” e renovar a política mineira, costumeiramente dominada pelos homens, além de montar um plano de governo efetivo para resolver os problemas da população.

“Cuidou muito bem da administração de Uberlândia ao lado do prefeito Odelmo Leão (PP). O Triângulo Mineiro está dando um grande presente ao restante do estado com a representação feminina de Ana Paula. Minas tem que estar feliz com essa nova forma de fazer política’, ressaltou.


Comments are closed.