Paulo Braga | Especial para o Tudo Em Dia

 

Elitizada como uma droga dos ricos, a cocaína está mais barata e o uso está aumentando em todo o planeta. Sobre o uso de cocaína, ator Robin Williams ─ falecido em 2014 ─ disse certa vez: “A maneira de Deus dizer que você está ganhando muito dinheiro”.

Continua após a publicidade

O tráfico de drogas ─ que é uma propulsora da criminalidade ─ é alimentada pelos usuários de drogas como a cocaína. Os mesmos hipócritas que clamam por segurança, nutrem a violência ao cheirar uma carreira da droga.

Uma pesquisa divulgada no Reino Unido, mostra que quase 9% dos jovens da Classe A, com idades entre 16 e 24 anos usaram drogas nos últimos 12 meses. O que surpreende é que essa tendência vem de uma faixa etária conhecida por sua consciência social ─ “muitos querem salvar o planeta e recusam o uso de canudos de plástico, mas para cada grama de cocaína que eles colocam no nariz, quatro quilômetros quadrados de floresta tropical são destruídas”, escreveu a jornalista britânica Clare Foges em um artigo recente do The Times.

Para cada pequena carreira cheirada, o usuário de cocaína contribui para a demanda que impulsiona a produção e tráfico de drogas ─ que simplesmente destrói vidas inteiras. Gangues recrutaram milhares de crianças em situação de risco social ─ algumas com apenas 12 anos ─ como mulas para distribuição de drogas.

O México, o epicentro do comércio de cocaína, é tomado pela violência ─ nos últimos 12 anos, cerca de 150.000 pessoas foram mortas: esfaqueadas, baleadas, enforcadas, decapitadas e queimadas vivas em decorrência do poder brutal dos quarteis. A Colômbia e o Brasil também não tem nada do que se orgulhar, quando o assunto é a violência causada pela produção, tráfico e consumo de drogas.

Campanhas devem ser implementadas com urgência ─ principalmente no Brasil ─, mostrando o rastro de sangue e miséria que a cocaína causa até chegar ao nariz dos usuários. O choque de realidade poderia minimizar o desejo por experimentar a droga.

A liberação das drogas é um assunto que toma a pauta, principalmente em ano eleitoral. Mas a descriminalização das drogas, minimizaria o seu uso?

E você que já é pai ou mãe de adolescentes, tem moral para bater no peito e orientar seu filho a não usar drogas? Pense nisso.

 


Comments are closed.