Eleitor faz simulação na urna eletrônica com o auxilio da instrutora

A Justiça Eleitoral disponibilizou uma urna eletrônica para que população pudesse simular o voto. As próximas eleições ocorrerão em outubro e serão eleitos deputados, senadores, governadores e o novo presidente da República.

A urna eletrônica ficou disponível em uma drogaria no Centro de Capinópolis nos dias 04, 05 e 06 de setembro.

Desenvolvido pelo TSE, o software de simulação apresenta uma lista de candidatos e partidos fictícios. Entre os partidos simulados pelo TSE, estão — Partido dos Esportes, Partido dos Ritmos Musicais, Partido das Profissões, Partido das Festas Populares e Partido do Folclore.

Continua após a publicidade

Segundo a chefe do cartório eleitoral de Capinópolis — Juliana Pereira — na próxima semana, a urna também será disponibilizada em novo ponto no centro de Capinópolis.

Durante a simulação, o eleitor navegou pelos partidos usando as setas para direita e para esquerda na filipeta de candidatos no alto da página. Antes de votar na urna simuladora, o usuário teve de escolher o turno da eleição do qual deseja participar.

Devido ao grande número de cargos eletivos nas próximas eleições, o cartório eleitoral disponibilizou ‘colinhas’. “No treinamento distribuímos ‘colinhas’ que os eleitores podem preencher com o número dos seus candidatos e levar no dia da eleição. Mostramos como se vota na legenda — digitando só os 2 primeiros números do partido— para deputado federal e estadual, e confirmando na urna. Mostramos que ao digitar o número do candidato para senador, aparece a foto dos 2 suplentes também “, disse Juliana Pereira.

Uma das grandes polêmicas geradas nas últimas eleições — principalmente em Capinópolis — são as alegações de que a foto do candidato não aparece na urna.

“É importante digitar o número dos candidatos e aguardar um pouco antes de confirmar para ver a foto. Isso é o que acontece muitas vezes quando eleitores dizem que votaram e não viram a foto do candidato, pois confirmam antes da foto aparecer”, esclareceu Juliana.

Juliana Pereira, chefe do cartório eleitoral (Foto: Tudo Em Dia/Paulo Braga)

O voto no Brasil é obrigatório para todo cidadão, nato ou naturalizado, alfabetizado, com idade entre 18 e 70 anos. Já para os jovens com idade entre 16 e 17 anos, pessoas com mais de 70 anos e analfabetos, o voto é facultativo.

ORIENTAÇÃO A PARTIDOS POLÍTICOS

Na última terça-feira (4) uma reunião do Ministério Público Eleitoral — MPE— foi realizada com o objetivo de orientar os partidos políticos da Comarca de Capinópolis. O encontro reuniu representantes de Capinópolis, Canápolis, Cachoeira Dourada e Centralina — que integram a Comarca de Capinópolis.

O principal objetivo foi expor os parâmetros a serem seguidos para que o andamento das eleições ocorram na normalidade.

ORDEM DE VOTAÇÃO EM 07 DE OUTUBRO

A votação será no dia 7 de outubro de 2018. A ordem dos candidatos na urna será — 1º deputado federal; 2º deputado estadual; 3º primeira vaga de senador; 4º segunda vaga de senador; 4º governador e 5º presidente da República.

“Reforçamos que são 2 vagas para senador, e que se votar para o mesmo candidato 2 vezes, o segundo voto é anulado”, pontuou Juiana Pereira.


Comments are closed.