Nesta terça-feira (18), Policiais Militares Ambientais atenderam a uma denúncia de intervenção ambiental em uma propriedade rural situada no município de Ituiutaba/MG. Os militares se depararam com árvores nativa cortadas.

Após ser procedida à fiscalização —caminhando pelo área de mata nativa— foi constatado a supressão de 2,29 hectares de vegetação nativa cujas intervenções não possuíam a autorização do órgão ambiental competente.

Em virtude da irregularidade ambiental, uma mulher de 74 anos proprietária do imóvel rural foi autuada administrativamente no valor de 1500 Unidade Fiscal do Estado de Minas Gerais — UFEMG —, que em Reais corresponde em R$ 4.877,10.

Continua após a publicidade

Também foram apreendidos 50m³ de produto florestal de origem nativa, proveniente da intervenção ambiental irregular e suspensa às atividades não autorizadas.


Comments are closed.