Willian incomodou defesa cruzeirense no Pacaembu
Foto: LUIS MOURA/WPP/ESTADÃO CONTEÚDO

Já de olho na Libertadores, quando enfrenta o Boca Juniors (ARG), quinta-feira, celestes entraram em campo com time todo reserva, com exceção do zagueiro Léo. Palmeiras foi premiado com vitória por 3 a 1 pelo maior volume de jogo, mesmo sendo prejudicado pela arbitragem, que anotou pênalti precipitado a favor do time do técnico Mano Menezes

Os gols

1 x 0 – Lucas Lima abriu o placar para o Palmeiras aproveitando bem sobra após escanteio. A zaga não conseguiu afastar e o meio chutou da entrada da área. A bola ainda desviou em Ariel Cabral para não dar chances para o goleiro Rafael.

Continua após a publicidade

1 x 1 – O gol do Cruzeiro veio em pênalti mal marcado e bem cobrado por Mancuello. Depois de lançamento na defesa do Palmeiras, o zagueiro Gustavo Gómez se complicou para tirar a bola, que acabou batendo na sua mão. O árbitro foi mal na decisão, uma vez que o jogador estava fora da área.

2 x 1 – Em lance pelo lado direito, Marcelo Hermes não se aproximou do jogador do Palmeiras e permitiu o cruzamento. Hyoran subiu bem mais que Ezequiel para voltar a deixar o Palmeiras em vantagem.

3 x 1 – O terceiro gol do Palmeiras veio em penalidade. A jogada começou em cruzamento pela esquerda, com Marcelo Hermes falhando na hora de afastar. Willian foi na linha de fundo e o mesmo Hermes colocou a mão na bola em tentativa de carrinho. Gómez converteu a penalidade, que quase foi defendida por Rafael.

Atuação do árbitro

O árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva não foi bem. Principalmente por ter marcado, de forma precipitada, o pênalti cruzeirense, aos 28 minutos do primeiro tempo. O zagueiro Gustavo Gómez, do Palmeiras, estava com o corpo inteiro para fora da área, quando atingiu a bola com a mão. Depois deste lance, os jogadores tentaram pressionar o árbitro de todas as formas, esperando que ele compensasse a falha de alguma forma. Foram vários os cartões amarelos para controlar os ânimos exaltados.

Menos mal que o erro não influenciou diretamente no resultado final.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 3 X 1 CRUZEIRO

Palmeiras: Fernando Prass; Marcos Rocha (Mayke), Luan, Gustavo Gómez e Victor Luís; Felipe Melo, Bruno Henrique e Lucas Lima (Moisés); Dudu (willian), Hyoran e Deyverson. Técnico: Felipão

Cruzeiro: Rafael; Ezequiel, Manoel, Leo e Marcelo Hermes; Romero, Ariel Cabral, Bruno Silva (Rafael Sóbis) e Mancuello; Deivid (Arrascaeta) e Raniel (Fred). Técnico: Mano Menezes

Cartões amarelos: Mancuello, Fred, Ezequiel, Léo, Marcelo Hermes, Manoel (C), Felipe Melo, Deyverson, Lucas Lima, Gustavo Gómez, Hyoran (P)

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)

Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (FIFA/PA)

Gols: Lucas Lima, Hyoran, Gustavo Gómez (P), Mancuello (C)

Público: 35.674

Renda: R$ 1.260.130,00

Daniel Ottoni | repórter


Comments are closed.