O aparelho celular roubado e o dinheiro da venda foram apreendidos

Um homem de 24 anos foi preso pela Polícia Militar (PM) nesta terça-feira (9) por suspeita de roubar um aparelho celular de uma estudante de 15 anos. O roubo foi registrado na noite da última segunda-feira (8), por volta das 22h43 na Rua Cachoeira Dourada, bairro São João em Capinópolis.

Segundo versão da estudante adolescente, ela voltava da escola e caminhava pela Rua 102, no centro de Capinópolis, quando percebeu que um indivíduo alto, moreno, trajando bermuda clara e camiseta azul a acompanhava. No entanto, como haviam outras pessoas na rua, não deu importância. Já no bairro São João e distante das outras pessoas, percebeu que o homem apressou os passos e a atacou, roubando o aparelho celular. O criminoso atacou a garota por trás, tapou sua boca e a jogou ao chão.

Após o roubo, o suspeito do crime fugiu em direção à Rua Belo Horizonte.

Continua após a publicidade

A Polícia Militar foi acionada e compareceu ao local. Diante as informações que pontuavam as características do suspeito, os militares iniciaram os rastreamentos.

Na manhã desta terça-feira (9), a PM chegou até o suspeito —um homem de 24 anos, 1,85 de altura e 105kg. Ao ser questionado sobre o aparelho celular, o homem mudou o comportamento e disse que não iria preso e que os militares podiam matá-lo. Em seguida, o suspeito se escondeu em uma residência abandonada na rua 96.

Os militares solicitaram reforço e cercaram a residência abandonada. Foi dada voz de prisão ao homem, que insistia em dizer que não iria preso. Segundo a PM, em dado momento, o homem veio em direção a um dos policiais —”Pára! Pára! Pára!”, gritou o militar. O suspeito desobedeceu a ordem de parada e foi alvejado com um tiro no pé direito —como forma de contenção.

Após ser atingido, o homem não apresentou nenhuma resistência e foi encaminhado ao pronto socorro local para receber atendimento médico.

Homem de 24 anos foi atingido com um tiro no pé após apresentar resistência à prisão

Após ser atendido, o suspeito foi encaminhado ao 5º Pelotão PM de Capinópolis para registro da ocorrência e teria confessado o roubo. O homem afirmou aos militares que vendeu o aparelho por R$50 a um outro suspeito no bairro Campos Elíseos.

A PM chegou até o suspeito de receptação —um homem de 20 anos— e efetuou a prisão. O suspeito tem passagem pelo sistema judiciário pelo crime de tráfico de drogas.

O aparelho e o dinheiro foram apreendidos.

O homem de 24 anos também tem passagem pelo sistema judiciário pelo crime de feminicídio. Ele matou a amásia à facadas em Gurinhatã, Minas Gerais, em 2010.

Segundo a PM, o homem preso é contumaz na prática criminosa de roubo. Por ter um porte físico grande, prefere atacar mulheres. Ainda de acordo com a PM, o homem tem distúrbios mentais, o que o torna um indivíduo de alta periculosidade.

Durante a prisão, foram assegurados os direitos dos presos.


Comments are closed.