O Departamento de Contabilidade e o Controle Interno do município de Capinópolis promoveram na noite de quarta-feira, 10, na Câmara Municipal, a audiência pública relativa ao segundo quadrimestre de 2018.

Abrindo a audiência, o controlador do município, Sr. Luiz Antonio, deu as boas vindas a todos os presentes, convidando o contador Juliano Borges, consultor na área contábil que detalhou os números dos balanços e relatório, bem como respondeu aos questionamentos dos presentes, ressaltando a preocupação do gestor municipal com os débitos do Governo do Estado que não está repassando regularmente os recursos relativos ao ICMS e ao FUNDEB para o município o que tem gerado um prejuízo do Estado para com Capinópolis, segundo a AMM – Associação Mineira de Municípios, de cerca de R$ 4 milhões de reais.

“O preocupante, por exemplo, no caso do FUNDEB, onde para não atrasar o pagamento dos salários dos professores, o município está utilizando recursos próprios. Isso quer dizer que, caso ocorra no futuro o acerto do estado com o município, os recursos não poderão ser realocados para outras contas do município”, disse Juliano.

Continua após a publicidade

O município de Capinópolis tem promovido regularmente as audiências públicas, cumprindo o que determina a LRF – Lei de Responsabilidade Fiscal, porém, o número de participantes às reuniões tem sido pequeno. A Administração Municipal convida a população para que nos próximos eventos estejam presentes em maior número, pois, todos têm a oportunidade de conhecer e questionar sobre como estão sendo aplicados os recursos da sua Cidade.


Comments are closed.